Agenda SM de Fórum e Encontros

Varejo, Inovação e a Nova Economia

Avaliação:

(0 Avaliações)

Por Redação SM -

O 16º Fórum Colaborativo, realizador SM, reuniu 155 varejistas e nove fornecedores que aprofundaram discussões sobre o impacto da nova economia nas empresas

Ingressar numa nova forma de gerir o negócio, que passa por explorar dados acumulados pela empresa para definir ações mais certeiras e personalizadas e imprimir maior velocidade às decisões, sem receio de testar e errar. Essa discussão, que foi pauta do 16º Fórum Colaborativo de SM, eletrizou 155 varejistas e nove fornecedores que se reuniram na capital paulista em março

Kimberly Clark - Desenvolvimento de Categoria

Em sua primeira participação no Fórum Colaborativo de SM, a Kimberly-Clark falou sobre o potencial da categoria de incontinência urinária. Na apresentação, os varejistas puderam entender melhor a categoria, a partir de dados de comportamento do shopper e do consumidor.

AMBEV - Alavancas de crescimento

Em sua volta ao Fórum de SM, a AmBev compartilhou com os varejistas as alavancas de crescimento de cervejas de acordo com o formato e posicionamento das lojas. As recomendações passaram por mix, merchandising, organização da gôndola, etc. A fabricante também abordou outros pontos para o varejo elevar vendas e falou sobre os planos para este ano.

Bombril - Soluções para vendas

Criar uma solução de compra de produtos voltados à limpeza da cozinha foi um dos pontos abordados pela Bombril no Fórum. Segundo a empresa, a iniciativa é capaz de elevar as vendas da seção de limpeza como um todo. Reunir todos os produtos voltados a essa finalidade é importante, pois 80% da venda está diretamente relacionada à forma e ao local em que o produto está exposto.

Diageo - Mercado em evolução

Durante o 16º Fórum Colaborativo, a Diageo ofereceu um jantar aos varejistas. Nele, os participantes também degustaram drinks à base de bebidas destiladas e ouviram da companhia como a categoria está evoluindo no Brasil e o quanto pode avançar. A Diageo mostrou ainda aos varejistas as oportunidades de crescimento para a categoria em suas lojas.

Méliuz - Experiência de compra

Tecnologia a favor da experiência de compra. Esse foi o tema abordado pela Méliuz durante o evento de SM. A empresa é especializada em cash back, sistema no qual se devolve aos consumidores um percentual do valor da compra. Os valores são acumulados e podem ser resgatados posteriormente, como ocorre nos programas tradicionais de fidelidade em que o consumidor soma pontos. Lucas Marques, diretor de operações de Méliuz, lembrou que a base do programa é a tecnologia, que também permite ao varejista se aprofundar nos hábitos do seu público. Segundo ele, a empresa, que já devolveu mais de R$ 60 milhões aos participantes do programa, quer ampliar a parceria com o varejo físico.

P&G - Dentro e fora da loja

Com a presença do seu novo vice-presidente de vendas, André Felicissimo, a P&G marcou sua apresentação no Fórum com oito sugestões para aumentar as vendas, tomando como exemplo a categoria de fraldas. Elas dizem respeito à experiência do shopper dentro e fora da loja – ou seja, situações que não estão diretamente relacionadas à ida do consumidor ao varejo, mas que podem gerar vendas adicionais, sobretudo com apoio de um programa de CRM.

Heineken - Foco em gerar valor

Um panorama do mercado de cerveja e a evolução da empresa no varejo alimentar foram pontos discutidos pela Heineken em mais uma apresentação no Fórum. A empresa lembrou que a categoria cresce mais em valor e reforçou que vem estruturando sua área comercial para aprimorar o atendimento ao varejo regional, melhorar a execução e focar um mix mais assertivo. Essas e outras iniciativas têm levado a companhia a crescer em vendas nas empresas participantes do evento.

RECKITT BENCKISER - Rentabilidade com especialistas

Aumentar vendas de alvejantes seguros e de produtos especialistas de limpeza foi a proposta apresentada pela Reckitt Benckiser. Além de fazer as categorias crescerem, a ideia é elevar a rentabilidade. No Fórum, a empresa pontuou as inovações nesses segmentos. Também fez sugestões que incluíram a correta localização dos produtos nas gôndolas. Nas lojas em que as mudanças foram testadas, os resultados foram positivos.

Palestras - Cultura da Mudança

O impacto de tecnologias – como realidade virtual e inteligência artificial – e os novos modelos de negócios, que se baseiam no acúmulo, cruzamento, seleção e análises cada vez mais sofisticadas de dados, foram assunto das palestras realizadas no Fórum. Esses temas tiveram adesão imediata dos varejistas presentes.

Publicidade
Publicidade